O Cabeça - Leitura Completa a cada dia
Seja Bem Vindoa(a) ao forum e desfrute de todo e qualquer tipo de leitura, não importando tua religião, posição política, classe social. História, Filosofia, Sociologia, Poesia, Literatura Brasileira e estrangeira etc. fazem parte do imenso hall da literatura mundial.

Uma mente vazia é uma mente sem vida
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Autor: Hugo de Santis
Qui Dez 09, 2010 5:58 pm por Admin

» Autora: Tainara Freitas
Qui Dez 09, 2010 5:52 pm por Admin

» Autor: João Fernandes Silva
Qui Dez 09, 2010 5:50 pm por Admin

» Autor: Pablo Treuffar
Qui Dez 09, 2010 5:48 pm por Admin

» ATENÇÃO AUTORES
Ter Dez 07, 2010 9:58 pm por Admin

» O PUTRAFICA - uma ode para Demétrio Tenório de Mello
Ter Dez 07, 2010 7:19 pm por Pablo Treuffar

» O Lobo e a Cobra - João Fernandes
Ter Dez 07, 2010 5:24 pm por João Pedro Fernandes Sil

» Escolas Literárias do Brasil
Qua Dez 01, 2010 10:12 pm por Hugo de Santis

» Fonética (Gramática)
Qui Nov 25, 2010 2:44 pm por Hugo de Santis

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 11 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Pablo Treuffar

Os nossos membros postaram um total de 32 mensagens em 20 assuntos

Conto-'Uma viagem de ônibus'

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Moderador Conto-'Uma viagem de ônibus'

Mensagem  Tainara Freitas em Sex Nov 19, 2010 2:45 am


Uma viagem de ônibus
por Tainara F.

Sentei-me ao fundo.Não que o ônibus estivesse cheio,mas a perspectiva de lá é diferente.Melhor.De outro ponto eu não poderia observar,do meu jeito,aquelas pessoas curiosas que ninguém nota.Afinal,são apenas pessoas.Apenas normais.Mas isso nunca amenizou o meu interesse.
A narcizistazinha,pobre garota,acha feio o que não é espelho;A uns dois bancos atrás de uma mulher de meia idade que ocupava-se com um livreto,um harlequim talvez;Um jovem na fileira à direita,um pouco mais velho que eu,se ocupava com a língua entre os dentes de uma conhecida de ocasião.Penso que não eram namorados.Se o fossem ela não retiraria a carteira do bolso dele tão cuidadosamente,entre carícias e sorissinhos.
Decidi ajudá-lo.Alertar o meu colega de ônibus sobre a boa moça que o beijava quando a minha compaixão foi interrompida por um barulho sublime.Um som seco que saía do salto alto dela contra o chão metálico enquanto cruzava o ônibus em minha direção.Pode parecer pretensão,mas de todos os assentos vagos ela escolheu sentar-se,com efeito,ao meu lado.
Sua presença me apagou da mente os dois que se agarravam a minha frente.
Tinha algo de inócuo no rosto.Irrelevante,apenas a sua presença ali,aquele perfume,me incomodava.Me incomodou a ponto de me avermelhar as orelhas e outras extremidades,me incomodou e eu adorei,como se a cada aspirada em que eu buscava o cheiro dela eu sentisse o seu gosto.
Não era um perfume comum.Não um desses que se compra em boticários ou lojinhas fransesas,esse pertencia a ela.De fato,era ela.E eu apenas aspirava sua alma.Ah,o cheiro.Invadiu-me as entranhas,não exagero quando digo que senti cada parte de mim experimentar aquele odor.
Então ela levantou-se e foi embora.Tão indiferente quanto entrou.Se havia qualquer interresse da parte dela morreu enquanto descia os degraus da saída.Eu fiquei ali,perplexo.Eu e meu parceiro.Abandonados.Ele duro,eu apenas sem reação.Como um caçapo enredado em seus amavios.
avatar
Tainara Freitas
Moderador

Mensagens : 1
Pontos : 2537
Reputação : 35
Data de inscrição : 16/11/2010
Idade : 23
Localização : Goiânia,Goiás

Ficha de personagem
Livros: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum